Património Religioso

 IGREJA PAROQUIAL DO MONTE

  “A Igreja Paroquial de Santo António do Monte foi benzida no dia 28 de agosto de 1929 e inaugurada no dia seguinte. A sua construção antecede a criação da própria paróquia (19 de março de 1932) e da freguesia civil (17 de julho de 1933).

  A Igreja veio substituir, no culto, a Capela de Santo António - hoje de Santa Luzia, que começava a ser pequena para o número crescente de fiéis do então lugar da freguesia e paróquia da Murtosa.

  Destacam-se, no seu interior, os altares dedicados a Nossa Senhora de Fátima e ao padroeiro, Santo António. Nas laterais do altar-mor encontramos as belas representações do Sagrado Coração de Jesus e de São José com o Menino Jesus.

  Por baixo do coro, à entrada, no interior do baptistério, encontramos duas expressivas imagens do Senhor dos Passos e de Nossa Senhora das Dores.

  Encimando a Torre, está a estátua de Santo António, esculpida, em cimento armado, pelo próprio Mestre João Carlos Fidalgo, que dirigiu a construção do templo.”

Por Januário Cunha

      

 

CAPELA DE SANTA LUZIA

  Santo António era o seu oráculo.

  Ainda no tempo do Capelão, senhor Pe. Manuel Caetano Tavares de Sousa, começou a realizar-se a festa em honra de Santa Luzia que se repetiria todos os anos. De tal forma esta nova invocação se enraizou na devoção popular, que já na altura da construção da nova Igreja, a Capela se chamaria indistintamente de Santo António ou de Santa Luzia. Por fim, foi esta que prevaleceu.

  Nenhum elemento se sabe sobre a sua fundação.

  No início do século XX, era aí capelão o já citado Pe. Manuel Caetano. A adesão era tanta que a Capela não comportava o povo que acorria à missa dominical, então as pessoas juntavam-se às portas que ficavam abertas.

  O “Senhor em Viático” saiu desta Capela a 1ª vez, em 1914, foi para a senhora Maria Luísa de Oliveira, e foi levado por Pe. Pantelão José Costeira.

  O culto a Santa Luzia continua ainda muito vivo na nossa freguesia e todos os anos se tem realizado a festa em sua honra, com sermão.


 

 CAPELA DE SANTO ESTEVÃO

 Há memória de uma primitiva capela, que ruiu, dedicada a Santo Estevão, no caminho com o mesmo nome que ia do Monte até à Murtosa. No mesmo local, e por subscrição entre os lavradores, foi construída uma outra, sensivelmente, com as mesmas características. Aí se fizeram festas muito concorridas, com parte religiosa e arraial.  Ficaram famosas as cantigas ao desafio. Também esta capela “foi abaixo”.

 Na década de 60, tendo-se conjugado o bairrismo Dr. José Amador, a colaboração do Arquiteto Tomás Miranda, a disponibilidade de Francisco de Pinho e o entuasiasmo do povo do lugar, foi construída a atual Capela, cujo traçado pertence ao citado Arquiteto Miranda, que também cedeu o Terreno.

 Houve uma subscrição pública. Mas Francisco Pinho, emigrante nos Estados Unidos, filho de Francisco António de Pinho (o Mete-Medo), contribuiu com uma parte muito substancial do dinheiro então gasto.

 O culto a Santo Estêvão foi restaurado, sendo celebrada missa de ação de graças a 26 de dezembro e, no Verão, geralmente, em Agosto, realiza-se uma festa popular, com a respetiva mordomia.

 

 

 CAPELA DA SENHORA DA CONCEIÇÃO E DO PARTO

  Existia um oratório público, que tinha muita devoção, nos terrenos de Mariana Saldida. Quando esta fez casa nova (a atual que é pertença de seu filho, Dr. Manuel Saldida), foi destruído o oratório, o que desgostou o povo, que não aceitou e revoltou-se. Então, Mariana Saldida prometeu construir a capelinha, se Deus a ajudasse.

  Em 1927, passados vários anos, a Capela estava de facto construída. Enquanto ela viveu, aí era celebrada missa 2 vezes por mês, normalmente, pelo sr. Pe. Anselmo Bunheirão.

 

CAPELA DA SENHORA DAS DORES E NOSSA SENHORA DA PIEDADE

  Localiza-se na residência da família Vieira Pinto, junto à Estrada Estarreja-Pardelhas.

 

CAPELA DA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO E DE SANTA TERESA

  Na casa de António Cachinha (que foi de Maria Pita), à Rua Chanceler Julião.

 

CAPELA DA NOSSA SENHORA DA APARECIDA

  Durante muitos anos, na residência de D. Maria dos Anjos de Matos houve um oratório particular, com o Santíssimo Sacramento, e aí se reuniram, por várias vezes, exercícios espirituais.

 

CAPELA DA IMACULADA CONCEIÇÃO

 Localiza-se na Rua de Santa Luzia, na Arribação.

 

NICHOS DE ALMINHAS

  Há memória de muitos nichos das alminhas: o do Faustino, o do Tatão, o do Cardita, o da Ana Sapateira, o da Casa do Pita Reis, etc.

  Atualmente, existe um no muro de vedação da casa que pertenceu aos Reverendíssimos Padres Costeira.

 

Todos os textos referentes às Capelas da nossa freguesia foram retirados do livro SANTO ANTÓNIO DO MONTE – Bodas de Ouro, da autoria de Manuel Olivio da Rocha